Ansiedade: dias de um futuro inesquecível

Curta e compartilhe:

Entrevista concedida para a Revista Indo e Vindo   pgs: 38/39/40

como a ansiedade, o nervosismo, a tensão num dia de jogo do Brasil e
principalmente nos decisivos e nas finais pode afetar a saúde?

Mary Scabora – A ansiedade é uma reação normal do organismo diante de situações que podem provocar duvidas e expectativas. Envolve padrões fisiológicos e psicológicos que incluem pensamentos e emoções que geram tensão corporal. Trata-se de um aumento excessivo de noradrenalina e adrenalina, que provocam excitação.

É normal sentir ansiedade quando um jogo esta pra começar. Em pessoas com baixo nível de ansiedade e que se agenciam bem com suas emoções, pode ocorrer que diante da apreensão ela venha a roer unhas, altere seu humor diante da perda do time ou exagere no álcool e na comida. Mas nada que venha a causar danos posteriores a sua saúde. Porém, torcedores mais exaltados com dificuldades de controlar suas emoções e com histórico de doenças cardíacas ou pressão arterial alta, podem exceder os limites do organismo, pois passa por um grande período de tensão emocional, são 90 noventa minutos de puro estresse onde o coração é posto à prova. A adrenalina aumenta os batimentos cardíacos, os vasos sanguíneos se enrijecem e as artérias se contraem. Essas reações corporais podem trazer danos mais sérios.

Indo e Vindo – Vemos sempre muitos casos de pessoas que passam mal e têm crises de
pressão, ansiedade ou até do coração em dia de jogo. Por que isso acontece? Como evitar? O que é possível fazer para controlar caso sinta os sintomas de uma crise se iniciando?

Mary Scabora – Normalmente as pessoas neste momento estão consumindo pouca água e muito álcool ou petiscos, salgadinhos e churrasco geralmente gordurosos e com muito sal. Se a pessoa tem um histórico de doenças cardio-vaculares o bom senso pede que se não conseguir evitar esses alimentos que pelo menos consuma de forma moderada e inclua também uma alimentação mais leve e livre de gordura como a castanha, frutas, sucos, chás e água-de-coco que são opções mais saudáveis que frituras e gorduras. Ao longo do jogo procurar respirar profundamente, manter a musculatura relaxada para estar mais fortalecido nos momentos de lances decisivos na disputa que costumam gerar alta carga de estresse, apreensão e tensão podendo desencadear uma crise de ansiedade e alteração na pressão.
O ambiente barulhento, a gritaria e a tensão coletiva podem contribuir para o aumento dessa ansiedade e sua influência na condição de saúde? Geralmente nos eventos ainda existe a mistura com bebidas alcoólicas… Elas têm alguma influência?

Muitas vezes estes são os fatores que servem de gatilho para um quadro de ansiedade. Assim como o álcool, o cigarro e outras drogas são estimulantes e desencadeiam quadros ansiosos.

Indo e Vindo – O que é a ansiedade e qual sua influência na saúde? Como a ansiedade
age no organismo e quais as consequências?

Mary Scabora –  A ansiedade é um estado de ânimo produtivo que colabora para nosso estado de atenção e alerta nos preparando para desafios, protegendo-nos de possíveis perigos além de preparar nosso organismo para o ataque ou fuga. Ela colabora para aumentar nossa capacidade de realização. É um sentimento natural que tem como característica uma resposta a uma ameaça interna, vaga e desconhecida. São sensações que se intensificam gerando excitação corporal e aceleração nos processos mentais.

Quando a ansiedade vem sem causa aparente e em intensidade elevada esta dinâmica é sentida como negativa e desorganiza os processos de pensamento comprometendo a capacidade de raciocínio lógico e coerente. Na maior parte das vezes vem acompanhada da várias reações físicas e mentais desconfortáveis. Sendo comum a sensação de incapacidade para lidar com o futuro e medo de fracassar; Sensações físicas intensas como palpitação, calafrios ou ondas de calor, suor, tremor, náusea ou desconforto abdominal, tontura, suor em excesso, falta de ar e sensação de não conseguir respirar, e medos excessivos; medo de perder o controle, medo de morrer, medo de enlouquecer ou medo que algum ente querido morra. Em função do estado de animo alterado a pessoa tem alterações significativas na vida.

Indo e Vindo – O que é um crise de ansiedade? Quais outras doenças podem ser causadas
pela ansiedade exacerbada e não tratada?

Mary Scabora – A ansiedade em graus elevados altera a saúde como um todo. Ela é o gatilho para desencadear danos à saúde. Muitos são os sintomas, ela é considerada a causa mais frequente de doenças que se manifestam no corpo. Acarreta problemas no aparelho digestivo (gastrite, cólicas e náuseas); aparelho respiratório; (asma e alergias), afecções cutâneas, hipertensão, cefaleia assim como distúrbios alimentares, de memória e funções sexuais. Síndrome do pânico, depressão, fobias (medo de sair, de dirigir, de objetos ou lugares específicos) e consequentemente prejuízos afetivos, na vida social e profissional.

Indo e Vindo – O que a pessoa pode fazer para controlar uma crise de ansiedade, seja no trânsito ou em outro momento da vida?

Mary Scabora – Praticar exercícios de relaxamento muscular e de respiração. Quando relaxado, a frequência cardíaca diminui.Respira-se lenta e profundamente, os músculos relaxam e a pressão arterial estabiliza. Atentar-se ao conteúdo dos pensamentos, pois geralmente ficam negativos, catastróficos e desconfortáveis e, neutraliza-los buscando formas de pensamentos mais positivos para diminuir os de conteúdo angustiantes. Desta forma o nível de ansiedade diminui significativamente.

Indo e Vindo – Como o dia a dia estressante, no trânsito e no contato com os
passageiros pode aumentar a ansiedade? O que isso pode causar? Como
agir para minimizar os efeitos desse stress?

Mary Scabora – É comum que pessoas ansiosas se sintam inseguras, angustiadas inquietas, agoniadas e aflitas. São sentimentos que alimentam a impaciência gerando irritação. A pessoa ansiosa fica mais sensível devido às tensões musculares e o estado de alerta que o corpo entra. Isso causa além dos danos à saúde danos sociais e profissionais, pois a pessoa em estado de alerta e irritada fica mais reativa e tem sua percepção alterada correndo risco de distorcer fatos e interpretar situações negativamente.

Para minimizar os efeitos, é necessário que se conheça e aprenda a lidar com a ansiedade. Sabendo se agenciar com as emoções e com os pensamentos a pessoa tem mais possibilidades de fazer escolhas assertivas e com mais segurança além de estabelecer relações profissionais, sociais e afetivas de forma mais produtivas e a evitar prejuízos e danos a saúde.

É importante cultivar hábitos saudáveis. Exercícios físicos com alguma regularidade, dieta balanceada, evitar o fumo e álcool em excesso e preocupações desnecessárias.