Grupos e Palestras

Grupos Psicoterapêuticos

A partir das experiências compartilhadas, busca-se outra forma de lidar com os atravessamentos emocionais e dificuldades  comuns a determinados momentos ou situações da vida, de maneira que possibilite mudanças no comportamento e nas atitudes como uma nova proposta de vida.

A mudança se dá no sentido de criar um novo ciclo de autoconhecimento, transformação e aprendizagem interpessoal.

Questões Para Uma Nova Idade

Trabalho psicoterapêutico que tem como finalidade desenvolver nos participantes habilidade de refletir sobre as questões relacionadas ao envelhecer e contribuir na busca de outras formas de lidar com os atravessamentos emocionais e dificuldades comuns a este momento da vida de maneira que possibilite mudanças no comportamento e nas atitudes como uma nova proposta de vida.

Objetivos:

  • Contribuir para que a vivência do envelhecimento se torne um momento de vida mais criativo, ajudando na compreensão dos sentimentos relativos ao momento.
  • Buscar uma compreensão plena da significação deste momento como oportunidade de crescimento e de reavaliação, desenvolvendo a percepção de que opções passadas, atuais e futuras podem ser reconsideradas sob o prisma de novas necessidades e possibilidades.
  • Pensar nessa fase da vida como sendo ainda produtiva e nas possibilidades de ser bem vivida;
  •  Aprender a perceber e a lidar com questões emocionais a fim de diminuir os sofrimentos causados por problemas como a solidão, problemas familiares, depressão e ansiedade;
  • Ter melhor compreensão sobre sua condição de saúde, limitações e dificuldades;

Quando se aprende a lidar e a se posicionar melhor frente às adversidades da vida, é possível conseguir a lidar de maneira mais adequada com situações e pessoas de sua convivência. E, aprender a desenvolver uma maneira de estar no mundo, com mais otimismo, alegria e bem-estar.

1 Encontro semanal 

Quartas-feira de 15:00 as 16:50

Informações: (21) 99372-6551

 

 

Questões Para Uma Nova Idade é um trabalho psicoterapêutico que tem como finalidade desenvolver na mulher a habilidade de refletir as questões implicadas no período da menopausa. A partir das experiências compartilhadas, busca-se outra forma de lidar com os atravessamentos emocionais comuns a este momento, de maneira que possibilite mudanças no comportamento e nas atitudes como uma nova proposta de vida. A mudança se dá no sentido de criar um novo ciclo de aprendizagem interpessoal.

É um espaço de escuta, onde a mulher poderá discutir, refletir e elaborar suas angústias e vivências de ordem pessoal. O trabalho busca possibilitar a compreensão do funcionamento psíquico da mulher, seu modo de se relacionar, sua história pessoal e os acontecimentos atuais em sua vida.

O objetivo é contribuir para que a vivência da meia-idade se torne um momento de vida mais criativo, ajudando na compreensão dos sentimentos relativos ao momento.

Consciente de si, a mulher passa a compreender que o evento da menopausa implica questões que vão além da sensação física do calor excessivo e que existem maneiras diferenciadas e criativas de se lidar com esse momento da vida. Ciente de que pode receber uma escuta adequada num espaço que acolhe, respeita e compreende suas singularidades, as mulheres poderão se expressar melhor. Com isso, poderá buscar uma compreensão plena da significação deste momento como oportunidade de crescimento e de reavaliação, desenvolvendo a percepção de que opções passadas, atuais e futuras podem ser reconsideradas sob o prisma de novas necessidades e possibilidades.