Você sabe o que são doenças psicossomáticas? Saiba como elas atuam no seu corpo

Curta e compartilhe:

“As doenças são os resultados não só dos nossos atos, mas também dos nossos pensamentos”. Mahatma Gandhi

Doenças psicossomáticas são caracterizadas pela manifestação de uma doença orgânica que aparece no corpo. Porém, a causa da doença é de origem psicológica.

psicóloga clínica-mary scabora

Ela aparece quando o conflito emocional desencadeia doenças ou sintomas que não são detectados por exames médicos e, os exames laboratoriais não conseguem descobrir a origem biológica.

Muitas vezes as pessoas procuram o médico com queixas de dores de cabeça, problemas no estomago ou intestino, quedas de cabelo, manchas na pele ou alergias respiratória.

Fazem todos os exames, tomam remédio e ainda assim a doença persiste. Quando não se torna um problema crônico ela aparece em determinados momentos.

 

diagnostico psicossomatica

É considerável o numero de pessoas que desenvolvem doenças psicossomáticas e que obtém pouco ou nenhum sucesso no tratamento médico.

Diante das dificuldades no diagnóstico procuram um infindável número de especialidades médicas em busca de um tratamento que diminua o sofrimento.

Porém, muitas vezes a dificuldade do diagnóstico se da pela resistência do paciente em reconhecer que o problema  pode ser de saúde emocional.

Normalmente, o médico diante do diagnóstico impreciso comunica que se trata de uma doença de origem psicológica, de ordem emocional desencadeada pelo estresse ou pela ansiedade e, no entanto muitas vezes, a pessoa minimiza o problema e desconsidera a importância do tratamento qualificado com o profissional adequado.

Muitos acreditam que por se tratar de um “problema da cabeça” não é real.

Porém, quando se fala em “cabeça”, estamos falando do cérebro, que é responsável por todas as funções do corpo. 

Não são duas coisas separadas, não há como dissociar mente e corpo.

psicologa copacabana

A doença aparece como um alarme. 

Ela chama para uma realidade que a mente não consegue enxergar.

A doença ou o sintoma obriga a direcionar o olhar para si mesmo,

para o seu modo de vida e  convida a mudá-los.

A mensagem da doença é: Se cuide, viva melhor

O mecanismo que faz surgir a doença psicossomática está ligada ao hipotálamo. Ele é considerado uma das mais importantes estruturas do sistema nervoso central e atua no controle das emoções e comportamentos.  Essa glândula comanda o sistema nervoso autônomo e produz hormônios que praticamente controlam todas as funções do organismo além de ajusta-lo às variações externas.

O hipotálamo também é responsável pelo controle do apetite, pela temperatura corporal e atua no processo de contração muscular. É o principal centro da expressão emocional e do comportamento sexual.

psicossomatica

Em situações de forte estresse emocional, o corpo reage como alerta de que algo esta fora do contexto. O estresse altera o compasso do coração e consequentemente diminui a circulação do sangue e com o passar das horas surgem os sintomas.

A intensidade das emoções e dos sentimentos altera o funcionamento do hipotálamo resultando no aparecimento de doenças ou sintomas como os problemas respiratórios, gastrointestinais entre outras que são causadas ou agravadas pela tensão nervosa. Por este motivo, muitas vezes a pessoa tem tremedeira, náusea ou dores de barriga.

O que começou como um conflito emocional pode virar doença ou sintoma.

O remédio ajuda na redução dos sintomas, mas não resolve o problema, pois muitas vezes o que causa e mantém o sintoma faz parte do cotidiano da pessoa.

mary scabora - doenças psicossomaticas

O convívio diário em um ambiente tenso e com situações estressantes favorecem quadros de estresse e ansiedade. Se a pessoa não desenvolver habilidades comportamentais para que seja possível agir sobre tais situações estará sujeita a maiores riscos de desenvolver distúrbios provocados pelo mau funcionamento do Hipotálamo.

A doença psicossomática é real. Mesmo sem o diagnóstico das causas, a dor e a ferida existem e a pessoa percebe que algo não vai bem. Aliás, a doença aparece como um alarme. Ela chama para uma realidade que a mente não consegue enxergar. A doença ou o sintoma obriga a direcionar o olhar para si mesmo, para o seu modo de vida e convida a mudá-los. A mensagem da doença é: Se cuide, viva melhor!

Compreender a mensagem da doença é fundamental para buscar caminhos mais saudáveis.

É preciso ter coragem para reconhecer o problema e dar o primeiro passo na busca de ajuda para lidar com ele.

É preciso identificar a causa e buscar saber qual a variável da questão emocional que ganha força para desencadear ou manter o problema. Devido a ação do hipotálamo o fator desencadeante da doença psicossomática continuará presente. É isto que diferencia as doenças psicossomáticas.

Como prevenir ou tratar uma doença psicossomática?

Autoconhecimento e vida saudável contribui efetivamente.

É fundamental entender que a causa do que aparece no corpo está dentro do campo emocional afetivo, ligada à mente e aos sentimentos. É preciso descobrir o que tem causado e o que mantém a doença psicossomática. 

Na psicoterapia é possível se dar conta de alguns aspectos da vida e mudar a postura em relação ao que desencadeia o problema.

Será possível descobrir melhor e mais a fundo as causas do sintoma e, mais importante, encontrar formas de solucionar os problemas, de mudar o contexto e ter mais eficiência no processo de enfrentamento.

doença.psicossomatica.tratamento

É uma questão de se disponibilizar para si mesmo.

Se comprometer consigo na busca de uma vida com mais qualidade.

Mary Ana Paula Scabora